terça-feira, 24 de maio de 2011

Lançamento do livro "Educação da Infância: História e Política"



O livro foi organizado pela Profa. Vera Vasconcellos e conta com textos de diversos pesquisadores do Brasil. Está sendo lançado em segunda edição pela editora da Universidade Federal Fluminense.
Contatos: http://www.editora.uff.br/

Descrição:

Este livro tem como proposta contribuir para a formação do professor de educação da infância. Pensar tal formação implica imaginar espaços de refle-xão e de diálogo nos quais os leitores interessados possam, de forma conjunta, desfrutar das condições e dos conhecimentos produzidos no percurso dos homens e das mulheres que construíram esse processo. Essa experiência colabora tanto na ressignificação de teorias como na recondução da análise reflexiva de suas práticas cotidianas. Aqui se revisita a história da infância e da educação oficial proposta para a faixa etária até os seis anos, ao longo da constituição da nação brasileira. Foram mapeadas informações relevantes e a profusão de imagens cristalizadas sobre o tema, presentes em teses, dissertações, artigos, capítulos de livros e recortes de jornal, as quais discutem o lugar da criança, da família e da educação. Em todos os capítulos aparece, como marco comum das preocupações, o lugar das crianças não brancas (índias, pardas, mestiças, negras), oriundas dos segmentos sociais excluídos da participação de bens coletivos, como escola e saúde pública crianças pertencentes, em sua maioria, a famílias mais pobres, quase sempre negras, e, portanto, sem voz , e despojadas dos bens culturais produzidos e em produção nos diferentes momentos de organização política, econômica e social. Educação da infância: história e po-lítica dinamiza o presente com a vitalidade do passado. Arrisca-se numa visão pano-râmica do que foi, principalmente, o século XX, com suas metas de desenvolvimento social e o desamparo à infância, questão pública brasileira, apesar de, muitas vezes, não ter sido (e não estar sendo) tratada como tal. Rediscutir a história social da criança e suas políticas públicas para profissionais de educação, em interlocução com as investigações acadêmicas e científicas, é concebê-los como estudiosos e leitores da infância, construtores de história e interlocutores desse passado-presente, sempre vivo em suas diferentes trajetórias de vida.





Nenhum comentário:

Postar um comentário