quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Seminário Internacional Infâncias Sulamericanas Crianças nas Cidades, Políticas e Participação


"A consolidação do campo da sociologia da infância, em interlocução com outros campos das ciências sociais e humanas, como a antropologia, a geografia, a educação, a história, a filosofia, o direito, a arquitetura, constitui uma área conhecida como estudos da infância. Pode-se verificar, nacional e internacionalmente, um aumento na produção de pesquisa sobre a infância pela ótica das ciências sociais, que privilegia a exploração de metodologias com crianças e avança na compreensão da infância e das crianças no mundo contemporâneo, o que instiga a compreender os contextos nos quais as crianças estão ativamente engajadas como atores sociais, com seus próprios objetivos, entendimentos e contribuições simbólico-materiais, assim como sua inserção em ordenações inter e intrageracionais e outras estruturas, nas situações cotidianas de institucionalização socioeducativa e nos espaços urbanos e outros espaços que ocupam.

Ainda que seja recente uma troca mais ampla entre pesquisadores da América do Sul ou a parceria em projetos mais abrangentes de investigação, a possibilidade de superar as diferenças linguísticas e culturais, e de fazer emergir a pesquisa com crianças, metodologias e abordagens, tornou-se mais consistente a partir de contatos facilitados pela busca da interlocução sul-sul. Nessa linha, faz todo o sentido apostar em temas comuns e buscar compor quadros com investigações com temáticas semelhantes, desenvolvidas por diferentes países, e, mais do que isso, por pesquisadores de diferentes formações acadêmicas, num caminho de interlocução interdisciplinar, como demanda o estudo da infância."

Maiores informações sobre o evento aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário