quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Creche promove palestra “Territórios Geográficos da Infância”



O projeto "Conhecendo melhor a criança", desenvolvido pela Creche Fiocruz, promove palestras com temáticas pertinentes à infância. As apresentações têm como público alvo as famílias e profissionais da área da Educação Infantil.

No mês de novembro, mais uma palestra foi realizada. Desta vez, "Territórios Geográficos da Infância", ministrada pelo doutor em educação Jader Janer Moreira Lopes. A atividade aconteceu no auditório da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV). Estiveram presentes os alunos do curso de Desenvolvimento Profissional em Educação Infantil –promovido pela Creche Fiocruz em parceria com a EPSJV – profissionais da área de educação e correlacionadas e representantes da Creche Fiocruz.

O palestrante abordou temas sobre a Educação Infantil a partir da coligação entre as áreas da Educação e da Geografia e pontuou temáticas pertencentes ao espaço, infâncias e lógicas infantis, analisando o que chamou de “entre-lugares” - aspectos observados durante a pesquisa, iniciada em 2000, com o Grupo de Pesquisas e Estudos em Geografia da Infância.

O professor, que também é Membro do Grupo Gestor da Creche da Universidade Federal Fluminense afirmou que “é possível entender determinadas ações humanas através da espacialidade”. Segundo ele, após os anos de pesquisa realizada na Creche UFF, em que observou crianças de zero a seis anos, foi possível concluir que a criança “cria espaços para além do que existe”, chamando atenção para a importante análise dos espaços que estão ou serão ofertados para as crianças na Educação Infantil.

O Menino Que Colecionava Lugares

Mineiro, professor Jader é autor do livro infantil “O Menino Que Colecionava Lugares”, que conta a história de um menino que tinha medo de esquecer dos lugares por onde andava, então passou a guardar pedaços deles na velha lata que ganhou de sua avó.

Assim como o personagem, o autor também parece colecionar lugares. Sua “multiregionalidade” fica evidente - além do intercâmbio entre as áreas da Educação e da Geografia, ao notarmos em seu currículo a passagem por diferentes lugares, como: Alemanha, onde concluiu o pós-doutorado em Psicologia da Educação, Juiz de Fora (MG), onde atualmente leciona; na Universidade Federal e ainda sua participação como membro do Grupo Gestor da Creche UFF, no Rio de Janeiro.

Apesar disso, o professor parece não ter substituído as lembranças da infância. Quando perguntado sobre o qual lugar é marcante em sua memória, o professor se recorda de quando era criança: “cresci num lugar que não tinha praias em Minas. Lembro das montanhas, da comida feita com colher de pau...”, confirmando a metáfora da lata e os aspectos sobre a “Geografia da Infância”, abordados durante a palestra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário