domingo, 14 de julho de 2013

I VERESK





É com satisfação que convidamos toda comunidade acadêmica da para o I Veresk - Simpósio Brasileiro-Russo-Germânico que terá como tema A teoria histórico-cultural: história e atualidade que será realizado no auditório Florestan Fernandes da Faculdade de Educação, Bloco D, Campus do Gragoatá da Universidade Federal Fluminense, de 05 a 08 de agosto de 2013, conforme programação a seguir.

O evento, idealizado pelo NUTHIC (Núcleo de Tradução, Estudos e Interpretação das obras dos representantes da Teoria histórico-cultural), está sendo realizado pelo Grupo de Pesquisas e Estudos em Geografia da Infância (GRUPEGI), pelo Núcleo de Infância e Cultura (NEIC), pelo Grupo de Pesquisas em Psicologia da Infância GPPIN (Núcleo Multidisciplinar de Pesquisas, Extensão e Estudos de Crianças de 0 a 06 anos (NUMPEEC) e pela Creche UFF.

Também participam e apoiam o evento a Universidade Federal Fluminense (UFF), a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), o Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), a Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), a Faculdade de Educação Tecnológica do Estado do Rio de Janeiro de Três Rios (Faeterj), a Universidade de Siegen (Alemanha), a Universidade Russa de Humanidades (RGGU/Moscou).

Entre os convidados estão a Professora Dra da Universidade Russa de Humanidades, Diretora do Instituto Vigotski de Moscou Elena Kravtsova; o Professor Doutor em Psicologia pela Academia Russa de Formação e Presidente do Conselho Dissertativo das Ciências Psicológicas do Instituto de Psicologia da Universidade Russa de Humanidades Guenadi Kravtsov; Professor Doutor em Ciências da Educação pela Universidade de Bielefeld Bernhard Maria Johannes Fichtner; Professora Dra em Psicologia Elizabeth Tunes.

Todas as presenças já estão confirmadas e as palestras terão tradução consecutiva. Não é necessário fazer inscrição prévia, o evento é aberto a todos interessados. Não há taxas de inscrição.
Maiores informações:
Folder do evento aqui


sexta-feira, 12 de julho de 2013

Filmes sobre infância

Atualizamos a página nesse blog indicando novos filmes sobre infância:

                                                            As ruas de Casablanca


É um filme marroquino que trabalha com a dinâmica territorial de crianças e adolescente em situação de rua.
                                                             
                                                               Tartarugas podem Voar


Aborda a questão das crianças curdas e todos os seus enfrentamentos.



Infância Roubada

É um filme sul-africano que revela de maneira bastante naturalista a segregação sócio-espacial e a violência de adolescentes em espaços de favelas.

por Igor Robaina - pesquisador e colaborador do GRUPEGI

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Crianças pobres e esquecidas desafiam o Google Maps

Luciana Galastri, Revista Galileu

Um grupo de jovens com idades entre 10 e 14 anos chamados de Dakabuko (que significa ‘audacioso’ ou ‘corajoso’) resolveu agir quando percebeu que o Google Maps havia deixado de fora o lugar onde eles moram – uma das favelas da cidade de Kolkata, na Índia.

A região aparece em branco na pesquisa, como se não houvesse nada na área. Em um documentário, uma das integrantes conta que sua mãe perguntou ‘tem certeza que não estamos no mapa? O mundo todo está registrado’. E ela responde, com convicção absoluta ‘não, não estamos lá’.

Então os Dakabuko resolveram pesquisar a região por conta para construir um mapa. De acordo com Amlan Ganguly, assistente social que os acompanha, ter sua região registrada e mapeada faz parte dos direitos de qualquer cidadão. Eles não apenas fizeram a planta do local como também numeraram as casas, para que os moradores pudessem indicar seus endereços com mais facilidade.


Veja o vídeo em:

domingo, 7 de julho de 2013

Encontro com professores no Museu Nacional - "Diálogos entre Educadores" (10/07)

Prezado/a Professor/a,

No dia 10 de julho o Museu Nacional promoverá a atividade "Diálogos entre Educadores". As inscrições poderão ser feitas pela internet até o dia 09/07.

Para fazer sua inscrição acesse o link: http://saemuseunacional.wordpress.com/2013/06/19/inscricoes-abertas-dialogos-entre-educadores-1007/

A atividade visa possibilitar a troca de idéias entre os educadores em museus, professores e outros profissionais que atuam em escolas e também em universidades, com o objetivo de promover a colaboração entre esses espaços de educação formal e não formal. ”Diálogos entre Educadores” tem 3h30min de duração, ocorre mensalmente, em uma quarta-feira, em dois horários – 8h30-12h e 13h-16h30.

Nesse encontro serão discutidas as especificidades da educação museal, a importância da colaboração museu-escola, bem como será apresentada uma proposta de trabalho voltada para o público escolar elaborada pela Seção de Assistência ao Ensino. Após a discussão, os professores e demais profissionais participarão de uma visita mediada ao Museu Nacional, ao longo da qual pode-se acompanhar a implementação do Roteiro “De onde viemos?”, uma proposta de roteiro de visitação exposições de longa duração do Museu Nacional.

Pretende-se que Diálogos entre Educadores seja o ponto de partida para que os professores estabeleçam práticas pedagógicas que possibilitem aos seus alunos a realização de visitas mais prazerosas e bem sucedidas ao Museu Nacional. Com a realização deste encontro, acredita-se que os educadores poderão melhor explorar, de acordo com suas necessidades, as múltiplas possibilidades do acervo da instituição e as potencialidades educacionais do Museu.

A proposta de trabalho voltada ao público escolar, bem como a proposta de roteiro de visitação ao Museu Nacional, estão registradas na publicação “Guia de Visitação ao Museu Nacional – Reflexões, Roteiros e Acessibilidade”.

Para ler, clique no link: http://www.museunacional.ufrj.br/site/assets/pdf/guia_MN.pdf

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

Quem pode participar?

Preferencialmente professores e educadores responsáveis por grupos com visitas programadas ao Museu Nacional. No entanto, podem se inscrever licenciandos de qualquer área de formação, guias de turismo e outros profissionais da área da educação.

Haverá certificação para aqueles que participarem da atividade na íntegra.

Atividade Gratuita.

Em caso de dúvidas, envie um e-mail para: dialogosentreeducadores@gmail.com

Cordialmente,
Seção de Assistência ao Ensino - Museu Nacional/UFRJ

sexta-feira, 5 de julho de 2013

v. 22, n. 49/2 (2013): Revista de Educação Pública - Edição Temática SemiEdu 2012

"Das crianças nas instituições e das crianças (in)visíveis: entre a sujeição e as possibilidades criativas"

"As imagens das crianças anunciadas se associam às suas múltiplas lógicas
e linguagens e passam a ser compreendidas como força instituinte, reinaugurando a
cena educacional a partir do valor da diferença. As crianças, elas mesmas compreendem
os sentimentos das coisas. Já dizia Benjamin (1994) que, ao brincarem com detritos,
as crianças colocam restos e resíduos em uma relação nova e original." 
(ANDRADE; GOMES, 2013. Apresentação).


Esse número é referente aos textos do Seminário de Educação 2012. 
Acessem o link em: