sexta-feira, 14 de junho de 2013

Infâncias indígenas: diversidade, dignidade e igualdade de direitos



Na América Latina vivem mais 12,8 milhões de crianças indígenas, das quais 60% residem em zonas rurais. Independentemente do território em que habitam, suas condições de vida estão marcadas por profundas iniqüidades e contínuas violações de direitos. Enquanto 63% das crianças de nosso continente sofrem algum tipo de pobreza, as taxas referentes à infância indígena são ainda mais alarmantes, alcançando 88%. Neste contexto, a Equidade para a Infância considera fundamental abordar as causas das iniqüidades que afetam a infância indígena, assim como a diversidade de suas práticas culturais e modos de vida, com vistas a fortalecer processos e políticas de reconhecimento e igualdade.
Veja mais em:
http://www.equidadeparaainfancia.org/?utm_medium=Email&utm_source=Newsletters&utm_campaign=Inf%C3%A2ncias+ind%C3%ADgenas%3a+diversidade%2c+dignidade+e+igualdade+de+direitos

por Ricardo Amorin - pesquisador GRUPEGI

Nenhum comentário:

Postar um comentário