sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

9a edição da DESidades


Com a 9ª edição da DESIDADES, Revista Eletrônica de Divulgação Científica da Infância e Juventude, que ora lançamos, celebramos seu segundo ano de existência.
Nesta edição, trazemos três artigos na seção Temas em Destaque:
"Pérolas aos poucos: o relato de uma adolescência congelada", por Fatima Florido Cesar
"Des-idades, poesias e lutas: articulações e rupturas" de Angela Pinheiro
"Análise da produção bibliográfica em livros sobre a infância e a juventude na América Latina", artigo de Lucia Rabello de Castro, Isa Kaplan Vieira, Juliana Siqueira de Lara, Karima Oliva Bello e Sabrina Dal Ongaro Savegnago, da Equipe Editorial da DESidades

Na seção Espaço Aberto, Leila Maria Torraca de Brito é entrevistada por Tatiana Fernandes sobre "A escuta de crianças no sistema de Justiça no Brasil: ações e indagações".
Na seção Informações Bibliográficas, apresentamos a resenha do livro "A hora das crianças: narrativas radiofônicas de Walter Benjamin", por Caroline Trapp de Queiroz, e o levantamento bibliográfico das 41 obras publicadas sobre infância e/ou juventude lançadas no último trimestre na América Latina.
Para acessar a DESidades, clique no link: http://desidades.ufrj.br/.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Curso de especialização em Sociologia da Infância

Prezadxs

A UFSCAR está com inscrições abertas para o primeiro curso de Especialização em Sociologia da Infância oferecido no Brasil. 


O curso terá as seguintes disciplinas:

- Sociologia I - Durkheim e Weber: Profa Dra Maria Ines Rauter Mancuso;
- Sociologia II Bourdieu, Geertz e Giddens: Prof. Dr. Rodrigo Constante Martins;
- Sociologia da Infância: Profa. Dra. Maria Letícia B. P. Nascimento;
- Historia da Infância; Profa. Dra. Gabriela Guarnieri de C. Tebet;
- Metodologia de Pesquisa I: métodos quantitativos, qualitativos e sua combinação: Profa. Dra. Fabiana Luci de Oliveira;
- Infância e Cultura Científica: Profa. Dra. Carolina Rodrigues de Souza
- Sociologia da Infância, Corpo e Sexualidade: Profa. Dra. Andrea Braga Moruzzi
- Sociologia das Relações Raciais: Profa. Dra. Ana Cristina Juvenal da Cruz
- Metodologia de Pesquisa II: Monografia e Pesquisa com Crianças: Profa. Dra. Fabiana Luci de Oliveira;
- Antropologia da Criança: Profa. Dra. Clarice Cohn
- Didática das Relações Raciais: Profa. Dra. Tatiane Cosentino Rodrigues;
- Cultura Lúdica - Profa. Dra. Maria Walburga dos Santos
- Geografia da Infância: Prof. Dr. Jader Janer Moreira Lopes
- Educação Infantil e Sociologia da Infância: Profa. Dra. Cleonice Maria Tomazzetti
- Estudos dos Bebês: Profa. Dra. Gabriela Guarnieri de C. Tebet

Coordenação: Profa Dra Anete Abramowicz (DTPP/UFscar)

Inscrições: de 01/fev a 25/mar/16
na sala da especialização do Prédio do CECH.
Tel: (16) 3351-8409 - Falar com Magda Dovigo   -   80 vagas. Carga Horária: 360h

Aulas presenciais aos sábados, das 8:00hs às 13hs  Início das aulas: abril de 2016

Faça sua inscrição aqui

VIII ENCONTRO BRASILEIRO DA REDE ESTRADO - UFSM - SANTA MARIA/RS

Prezados,

Com muita alegria, convidamos a comunidade acadêmica para o VIII ENCONTRO BRASILEIRO DA REDE ESTRADO - TRABALHO DOCENTE E PNE: Desafios à valorização profissional. O evento ocorrerá nos dias 04,05 e 06 de abril de 2016 na Universidade Federal de Santa Maria - UFSM. Envio de trabalhos até dia 03/02/2016.

Maiores informações no site do evento: http://redestrado.com.br/

Fórum Social da Educação Popular - 17 a 23/01, Porto Alegre


Entre os dias 17 e 23 de janeiro, o Fórum Social da Educação Popular vai reunir em Porto Alegre (RS), intelectuais da América latina, África e Europa, organizações e lideranças sociais, movimentos, universidades e governos em um grande debate a educação popular no mundo atual.

O FSEPop abre as atividades do Fórum Social Mundial Temático 2016 com o Encontro da Educação Popular e Universidades: Experiências e desafios, nos dias 17 e 18 de janeiro. O evento é uma reunião aberta para compartilhar experiências de formação e iniciativas populares que tenham como objetivo a transformação social através da educação. Uma outra maneira de participar do FSEOPop são as atividades autogestionadas, no contexto do FSMT, entre os dias 19 e 23.

A proposta do FSEPop é promover o interconhecimento e a aprendizagem reciproca e criar um espaço para articular alianças a favor de outro tipo de educação, que acredita que a democratização das sociedades passa necessariamente pela democratização do conhecimento. Para se inscrever é preciso preencher o formulário.

A ideia do Fórum Social da Educação Popular surgiu de um diálogo entre a Flacso Brasil, o Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, o projeto Alice, a Universidade Popular dos Movimentos Sociais (UPMS), o Conselho de Educação de Adultos da América Latina (Ceaal), o Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais (Clacso) e o Conselho para o Desenvolvimento da Pesquisa em Ciências Sociais na África (Codesria).

Para mais informações, acesse o site do Fórum Social da Educação Popular e a página do encontro Facebook.

Outro Mundo é Possível

Há quinze anos, movimentos sociais e entidades de diversos países se reuniram na capital gaúcha para debater as mudanças que acreditavam ser necessárias no mundo, na primeira edição doFórum Social Mundial. Em 2016, após percorrer outros continentes e se consolidar como um importante evento na agenda da esquerda internacional, o FSM será realizado na capital gaúcha entre os dias 19 e 23 de janeiro. A cidade foi o berço do evento que surgiu como contraponto aos Fóruns Econômicos de Davos, na Suíça, em 2001.

Entre os nomes já confirmados para o Fórum Social Mundial Temático 2016 estão: o sociólogo português Boaventura de Sousa Santos, os criadores do Fórum Oded Grajew e Chico Whitaker, o teólogo Leonardo Boff, o economista Ladislau Dowbor, o sociólogo espanhol Manuel Castells e a presidente do World Peace Council, Socorro Gomes.

Saiba Mais:

FSMT 2016: http://forumsocialportoalegre.org.br/

Processo FSM: http://www.memoriafsm.org/

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016