terça-feira, 23 de junho de 2015

Vídeo O Menino que perdeu sua Geografia

Assistam ao vídeo "O menino que perdeu sua Geografia" usado pelos colegas no Chile na Campanha "MINEDUCNOMATESLAGEOGRAFIA" - Campaña para impedir que el Ministerio de Educación de Chile borre la Geografía del Currículum Escolar.


video


sábado, 20 de junho de 2015

Seminário Geografia da Infância - Universidade Diego Portales - Santiago/Chile



Entre os dias 15 e 19, ocorreu no Programa de Protagonismo Infantil, do Curso de Pós-graduação em Psicologia da Universidade Diego Portales, o seminário sobre Geografia da Infância. Os slides usados para o debate estão disponíveis aqui.

terça-feira, 9 de junho de 2015

Anina - 2013

Anina Yatay Salas é uma menina de 10 anos. Seu nome e sobrenomes são todos palíndromos, o que provoca o riso de alguns de seus colegas do colégio. Em um episódio em que sua paciência se esgota, Anina engalfinha-se com Yisel na hora do recreio, terminando o incidente com a convocação dos pais à escola. Cada uma das meninas recebe então da diretora um envelope preto lacrado, que não pode ser violado até um novo encontro marcado para dali a uma semana. 

Trailer:
Filme disponível aqui

domingo, 7 de junho de 2015

14 Mostra de Cinema Infantil




X Congresso Brasileiro de Psicologia do Desenvolvimento

Mais informações aqui

Filme O menino do Pijama Listrado

O filme "O menino do pijama listrado"conta a história de Bruno, que é um menino filho de um oficial nazista que assume um cargo importante em um campo de concentração. Sem saber nada sobre o Holocausto e a solução final aos judeus, ele deixa Berlim e se muda com os pais e a irmã para uma área isolada, onde não há muito o que fazer para uma criança de sua idade. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e, para além dela, centenas de pessoas de pijama. Os problemas começam quando ele decide explorar o local e acaba conhecendo Shmuel, um garoto de idade parecida, que vive usando um pijama listrado e está sempre do outro lado de uma cerca. Apesar de Bruno receber aulas juntamente com sua irmã sobre história alemã, patriotismo e xenofobismo, Bruno, ao contrário de sua irmã, não absorve e não se importa com os conteúdos das aulas. A amizade entre as duas crianças vai se solidificando a cada encontro tornando essa relação perigosa, mas sem que as crianças saibam desse perigo. Onde Bruno atravessa essa cerca para procurar o pai de Shuel e acabam entrando no campo de concentração... Mostra a infância perdida entre as crianças vividas naquela época, e a inocência de Bruno e Shuel que não sabe do que o mundo está se passando.
Contribuição: Leonardo Araújo Borges de Sousa