quinta-feira, 31 de maio de 2012

FQS 13(2) online

Dear All,

I would like to inform you that FQS 13(2) -- "Qualitative Computing: Diverse Worlds and Research Practices" (http://www.qualitative-research.net/index.php/fqs/issue/view/40), edited by Cesar A. Cisneros-Puebla, Judith Davidson and Robert Faux with the collaboration of Jane Wong -- is available online (see http://www.qualitative-research.net/index.php/fqs/issue/archive for former issues). In addition to articles relating to "Qualitative Computing", FQS 13(2) provides a number of selected single contributions, as well as articles belonging to the FQS Debate on Teaching and Learning Qualitative Methods, to FQS Conferences and to FQS Reviews.

A) FQS 13(2)
B) Conferences and Workshops
C) Links
D) Open Access News

Enjoy reading!
Katja Mruck

Ps: FQS is an open-access journal, so all articles are available free of charge (see http://open-access.net/de_en/homepage/ for additional information about open access). This newsletter is sent to 15,954 registered readers; registered readers can comment on each article online.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

A) FQS 13(2) "Qualitative Computing: Diverse Worlds and Research Practices"
http://www.qualitative-research.net/index.php/fqs/issue/view/40

*** Editorial

Jo Reichertz (Germany): Anne Honer's "Ethnographic Life-World Analysis": An Obituary for a Friend and Colleague
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs1202E17

***Thematic Issue

Cesar A. Cisneros-Puebla (Mexico) & Judith Davidson (USA): Qualitative Computing and Qualitative Research: Addressing the Challenges of Technology and Globalization
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs1202285

--> Looking into the Future

Nigel Fielding (UK): The Diverse Worlds and Research Practices of Qualitative Software
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs1202124

--> Urban Studies

Joan Miquel Verd, Sergio Porcel (Spain): An Application of Qualitative Geographic Information Systems (GIS) in the Field of Urban Sociology Using ATLAS.ti: Uses and Reflections
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs1202144

Martha de Alba (Mexico): A Methodological Approach to the Study of Urban Memory: Narratives about Mexico City
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs1202276

--> Creativity and New Tools in Qualitative Computing

Judith Davidson (USA): The Journal Project: Qualitative Computing and the Technology/Aesthetics Divide in Qualitative Research
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs1202152

Rose Lema (Mexico). Hypertextuality, Complexity, Creativity: Using Linguistic Software Tools to Uncover New Information about the Food and Drink of Historic Mayans
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs1202215

Mauri Laukkanen (Finland): Comparative Causal Mapping and CMAP3 Software in Qualitative Studies
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs1202133

--> Cultural Contexts

Goeklem Tekdemir Yurtdaş (Turkey): Repetitions in Turkish: Talk among Friends
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs1202227 (will follow soon)

Silvia Benard (Mexico): Features of a Local Culture as Viewed from the Perspective of Strangers
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs1202265

*** Single Contributions

Juergen Budde (Germany): Speaking about Diversity in School Pedagogics: Discourse Analytical Perspectives
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs1202160

Samuel Colon De La Rosa, Nicole Velez-Agosto, David Lopez-Garay, Carlos Rivera-Santana (Puerto Rico ): Towards a Revitalization of Qualitative Psychology's Critical Potential
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs1202201

Barry Cooper, Judith Glaesser (UK): Qualitative Work and the Testing and Development of Theory: Lessons from a Study Combining Cross-Case and Within-Case Analysis via Ragin's QCA
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs120247

Marcela Cornejo, Carolina Besoaín, Mariela Carmona, Ximena Faúndez, Francisca Mendoza, María Jose Carvallo, Francisca Rojas, Alejandra Manosalva (Chile): Careers, Discourse, and Practices in Social Qualitative Research in Chile
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs1202171

Huyen Dam, John Eyles (Canada): "Home Tonight? What? Where?" An Exploratory Study of the Meanings of House, Home and Family Among the Former Vietnamese Refugees in a Canadian City
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs1202193

Bernd Dollinger, Monika Urban (Germany): Analysis of Interdiscourse as a Qualitative Social Research Design. An Account of Basic Principles and a Presentation of a Project Focused on Juvenile Delinquency
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs1202258

Erika Goble, Wendy Austin, Denise Larsen, Linda Kreitzer, E. Sharon Brintnell (Canada): Habits of Mind and the Split-Mind Effect: When Computer-Assisted Qualitative Data Analysis Software is Used in Phenomenological Research
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs120227

Darren Langdridge, Meg Barker, Paula Reavey, Paul Stenner (UK): Becoming a Subject: A Memory Work Study of the Experience of Romantic Jealousy
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs120258

Wolf-Michael Roth (Australia), Luis Radford, Lionel LaCroix (Canada): Working With Cultural-Historical Activity Theory
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs1202232

*** FQS Conferences

Marian Guenzel, Benjamin Fehling, Christian Pietzek, Andreas Womelsdorf, Sebastian Voelker (Germany): Conference Report: Discourse and Space. Human Geography Summer School
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs120232

*** FQS Debate: Teaching and Learning Qualitative Methods

Kathia Esperanza Serrano-Velarde, Nicole Boegelein (Germany): Teaching Qualitative Methods in the Age of Bologna. A New Didactic Approach for the Social Sciences
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs120290

*** FQS Reviews

Niklas Alexander Chimirri (Denmark): Review: Michalis Kontopodis & Joerg Niewoehner (Eds.) (2010). Das Selbst als Netzwerk. Zum Einsatz von Koerpern und Dingen im Alltag [The Self as Network: On Everyday Uses of Bodies and Things]
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs120270

Michalis Kontopodis (The Netherlands): Review Essay: The "Political" in Science & Technology Studies. A Response to: Niklas Alexander Chimirri (2012). Review: Michalis Kontopodis & Joerg Niewoehner (Eds.) (2010). Das Selbst als Netzwerk [The Self as Network]
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs1202242

Stephan Humer (Germany): Nils Zurawski (Ed.) (2011). Ueberwachungspraxen – Praktiken der Ueberwachung [Surveillance Practices—Practices of Surveillance]
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs120281

Torsten Junge (Germany): Review: Anne Waldschmidt, Anne Klein & Miguel Tamayo Korte (2009). Das Wissen der Leute. Bioethik, Alltag und Macht im Internet [The Knowledge of the People. Bioethics, Life and Power of the Internet]
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs1202116

Jan Kruse (Germany), Kay Biesel (Switzerland), Christian Schmieder (USA): A Response to: Schmitt, Rudolf (2011). Review Essay: Rekonstruktive und andere Metaphernanalysen [Review Essay: Reconstructive and Other Approaches to Metaphor Analysis]
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs1202102

Dirk vom Lehn (UK): Review: Reiner Keller & Michael Meuser (Eds.). Koerperwissen [Knowledge of the Body]
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs120216

Lisa Pfahl, Johanna Hess (Germany): Review: Hanna Meissner (2010). Jenseits des autonomen Subjekts. Zur gesellschaftlichen Konstitution von Handlungsfaehigkeit [Beyond Human Autonomy. The Social Constitution of Agency Based on Butler, Foucault and Marx]
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs1202181

Larissa Schindler (Germany): Review: Julia Reuter (2011). Geschlecht und Koerper: Studien zur Materialitaet und Inszenierung gesellschaftlicher Wirklichkeit [Gender and Body: Studies on Materiality and Enactment of Social Reality]
http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0114-fqs120268


B) CONFERENCES AND WORKSHOPS

25-28 June, Rovereto, Trento, Italy
International Summer School in Qualitative Research Methods in Education: Advanced Grounded Theory
http://events.unitn.it/en/gt-summerschool

4-6 July, Erasmus University Rotterdam, The Netherlands
Conference "Conflict, Cooperation and Transformation in Everyday Life", organized by The European Society for The Study of Symbolic Interaction
http://www.esl.eur.nl/interaction

10-12 September, New College Oxford, UK
Oxford Education Conference 2012
http://www.new.ox.ac.uk/

24-26 September, UAM Iztapalapa,Mexico City, Mexico
International Symposium in Visual and Textual Analysis Assisted by Computer
http://csh.izt.uam.mx/eventos/SIAVTAC/

23-35 October, Montreal, Quebec, Canada
18th Qualitative Health Research Conference (QHR)
http://www.iiqm.ualberta.ca/Conferences_and_Workshops/QualitativeHealthResearch.aspx

18-19 January 2013, Nova Southeastern University, Fort Lauderdale, Florida USA
The Qualitative Report: Fourth Annual Conference "Qualitative Research and Technology"
http://www.nova.edu/ssss/QR/TQR2013/index.html


C) LINKS

Raymond Opdenakker: Strategic Momentum in Virtual R&D Project Teams a Complement to Management. Dissertation, Eindhoven Technical University
http://alexandria.tue.nl/extra2/724489.pdf

Free Teaching Resources
http://www.poeticmind.co.uk/research/
http://www.poeticmind.co.uk/research/ideas-into-practice-words-into-objects-research-method-art/


D) OPEN ACCESS NEWS

Directory of Open Access Books
http://www.doabooks.org/

Open Access Petition: Require Free Access over the Internet to Scientific Journal Articles Arising from Taxpayer-funded Research
http://tinyurl.com/d4t56bz

World Bank Announces Open Access Policy for Research and Knowledge -- Launches Open Knowledge Repository
https://openknowledge.worldbank.org/

Harvard University: Faculty Advisory Council Memorandum on Journal Pricing
http://isites.harvard.edu/icb/icb.do?keyword=k77982&tabgroupid=icb.tabgroup143448

Hungarian Language Version of the RoMEO Database
http://www.sherpa.ac.uk/romeo/?la=hu

---> Conferences

6-7 November, ESA/Esrin, Frascati, Italy
APA 2012 Conference
http://tinyurl.com/cno6cnz

---> Texts/Presentations

Ian Sample: Harvard University Says It Can't Afford Journal Publishers' Prices. The Guardian
http://www.guardian.co.uk/science/2012/apr/24/harvard-university-journal-publishers-prices

Alma Swan: Policy Guidelines for the Development and Promotion of Open Access
http://unesdoc.unesco.org/images/0021/002158/215863e.pdf

---> Journals/Newsletters

Directory of Open Access Journals
http://www.doaj.org/

First Monday, 17(5)
http://firstmonday.org/htbin/cgiwrap/bin/ojs/index.php/fm/issue/view/364

GreyNet Quarterly Newsletter, 4(2)
http://www.greynet.org/newsletter.html

Learning Technology, 14(2)
http://www.ieeetclt.org/issues/april2012/IEEE-LT-Apr2012.htm

---

FQS -- Forum Qualitative Sozialforschung
/ Forum: Qualitative Social Research (ISSN 1438-5627)

http://www.qualitative-research.net/
English / German / Spanish

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nossas Pesquisas: notas de campo

Leia aqui fragmentos das pesquisas desenvolvidas pelos diversos pesquisadores do grupo. Maiores detalhes no link "Páginas/Nossas Pesquisas" (canto superior) desse blog:

"O Ser criança em uma região da Zona da Mata Mineira"

- João Pedro tem 08 anos, nasceu e vive atualmente numa comunidade da Zona da Mata de Minas Gerais de aproximadamente 800 habitantes. Assim como as demais crianças da localidade brinca de:

. o pique-pega, pique-ajuda, pique cola; jogar queimada, jogar “beti”, jogar bola (“bater pelada”), correr na grama, andar de bicicleta, jogar bola de gude.

- A praça é o lugar preferido na comunidade.

- Na Sexta-Feira da Paixão busca leite distribuído de graça nas fazendas mais próximas.

- No Sábado de Aleluia ajuda a roubar as prendas para ser oferecidas ao Judas (que será queimado no Domingo de Páscoa).

- Participa das tradicionais festas religiosas e das procissões, a mais importante é a Procissão do Enterro.

- Desde pequeno vai às benzedeiras para curar o quebrante e o vento virado (três vezes).

- Tomou água de chuva na sineta da igreja porque estava demorando para aprender a falar.

- Está aprendendo com os outros moradores, principalmente os mais velhos que: se a galinha não desce do poleiro é sinal de que vai chover; bois, cavalos e cabritos espirrando muito é também sinal de chuva; gato espirrando e coçando muito é sinal de mudança de tempo; cigarras cantando é sinal de tempo bom.

- Já conhece alguns provérbios e está aprendendo outros que ajudam a prever o tempo: “Sapo coaxando, sol chegando”/ “Sapo cantando em voz alta, sinal de chuva sem falta”;“Andorinha voando baixo é sinal de mau tempo. Andorinha voando alto é sinal de bom tempo.”; “Cerração baixa, sol que racha”; “Céu pedrento, chuva ou vento”;“Vermelha alvorada, chuva mal encarada." E quando ameaça uma chuva forte sabe que é bom: queimar palha benta; jogar cinza na benta na chuva; acender vela benta; quando está caindo chuva de granizo jogar uma 'penera' de taquara no terreiro, porque tem uma cruz."

Notas de campo retiradas das pesquisas LOPES, Jader J. M. “Penerando” a Chuva: pressupostos para uma prática etnogeográfica e endocultural. UFJF e LOPES, Jader J. M. Infância Migrante: Lugar, Identidade e Espaço Escolar. UFF. O nome acima é fictício

***********************************************************************************

Cartografia com Crianças

Cartografia com Crianças
(...) as recentes pesquisas desenvolvidas por nós (Crianças na Paisagem: palavras e processos espaciais, CNPq, 2009-2011) nos levam a algumas considerações em um trabalho cartográfico com crianças pequenas deve pautar-se e que gostaria de agora afirmar: . as crianças “mapeam” o que conhecem...nem sempre o que vêem; . as crianças ao construírem seus mapas usam por base a linguagem oral, eles constroem suas representações em estreito encontro com a linguagem oral, por isso “explicam”, “falam” sobre o que desenham; . nos processos de representações, as relações dialógicas estão muito presente, sejam nas interações entre crianças ou entre adultos, assim, uma fala de uma determinada criança no momento em que estão produzindo um mapa de um local, pode interferir de forma muito forte nos desenhos de outras crianças e vice-versa; . ao desenharem os locais as crianças constroem estratégias de representações que são singulares e devem, por isso, serem consideradas a partir de suas lógicas no mundo e não como uma falta ou problema a ser superado; . os mapas das crianças buscam evidenciar o movimento presente nos seus cotidianos, elas não representam o estático somente, as formas e objetos da paisagem, mas os processos que ai ocorrem também; . as pessoas e animais são sempre destacados nos desenhos, as formas na paisagem (em grande parte) aparecem acompanhadas de vida, seja ela qual for. *******************************************************************************************

Notas de Campo

O que vocês estão fazendo?

Referenciando ao fato das crianças subirem pela rampa do escorregador no sentido contrário da escada.

Subindo o escorregador. Foi a resposta.

Mas por aí? Indaguei.

A gente consegue! Outro me disse.

Posso tentar também? Perguntei.

Não, você não pode – disse um dos meninos. Por que não?

Você é criança? Outro me perguntou.

Não, mas acho que consigo! Respondi.

Então não pode.

E qualquer criança pode? Perguntei.

Claro que pode, se conseguir né.

E por que subir por aí?

É que aqui a gente usa as pernas e os braços.

Mas na escada também.

Na escada não, só as pernas!

Fonte: Pesquisa Crianças na Paisagem/GRUPEGI

Notas de campo

Dois meninos pegam uns engradados vazios de refrigerante. Um deles entra dentro da caixa e o outro começou a empurrar fazendo um som de carro. Eu estava próximo observando eresolvi perguntar: O que é isso? Um carro? Apontando para o engradado. O menino que estava de fora me respondeu: “Não...É uma caixa de cerveja”. Rapidamente questionei apontando para o menino que estava dentro da caixa: “Então ele é uma cerveja?” “Não...Ele é uma criança, não tá vendo?” Eles retornam à brincadeira. O menino que estava dentro pulou para fora e disse para o outro: “Agora eu empurro o carro, entre lá dentro”. Fonte: Pesquisas na Paisagem/GRUPEGI

Notas de campo

O que você está fazendo aí? Perguntei a um garoto de 6 anos, atado ao mural de uma porta aberta, suspenso pelas pernas, situadas uma em cada um lado da porta, o que o mantinha “suspenso” na parte mais alta da mesma, com a cabeça encostada quase na madeira que faz o fechamento da parte de cima. A resposta foi imediata:

- Estou vendo TV a Cabo!

- Tv a Cabo? Onde viu isso?

- Com meu amigo o (citou o nome),

a gente vê tv a cabo na

porta da sala da escola.

(observação cotidiana, outubro de 2006)

Paisagens de Infâncias, Territórios de Infâncias e Crianças, Lugares de Crianças

Espaços de Crianças e Infâncias pelo mundo: Acesse imagens de espaços destinados às crianças em vários locais do mundo. Mais imagens no link páginas.

Locais de Infância no mundo

Locais de Infância no mundo
Espaço de Crianças - Luxemburgo

A Organização do Espaço em Instituições que acolhem crianças pequenas

Uma das questões mais debatidas em nossos encontros com profissionais que trabalham com crianças pequenas é a organização espacial desses locais. Vamos postar aqui algumas considerações advindas de nossas pesquisas e exemplos de organizações espaciais para crianças em vários países do mundo, esperamos que essas referências possam contribuir com os arranjos espaciais para o cotidiano das crianças.

Organização do Espaço-Paredes

Organização do Espaço-Paredes
Na Creche UFF os cabides afixados nos corredores recebem símbolos criados pelas crianças e seus nomes registrados por adultos. Essa atividade proporciona orientação e localização espacial para as crianças e faz parte do processo de letramento cartográfico construindo, ainda, a noção de legenda, de representação.

Organização Espacial - Planta Creche UFF

Organização Espacial - Planta Creche UFF
O espaço da creche UFF foi organizado de forma a promover a autonomia das crianças em seus deslocamentos espaciais, possibilidades de orientação, localização e integração entre todos. Maiores detalhes no site da creche.

Cantos de Descanso

Cantos de Descanso
Escola Waldorf em Juiz de Fora/MG-Brasil

Cantos para Crianças

Cantos para Crianças
Espaço para as crianças na biblioteca municipal de Siegen/Alemanha.

Os cantinhos de Freinet

Os cantinhos de Freinet
Os cantinhos propostos por Freinet tem sido uma forma de organizar o espaço nas salas de educação infantil em vários lugares do mundo. São locais dentro do espaço da sala que abrigam móveis, livros, brinqueos e outros objetos temáticos, de acordo com o interesse do grupo, assim podemos ter cantinhos de literatura, o cantinho de artes, o cantinho do descanso, entre outros, podendo ser fixo ou móveis. O importante é que permitam a circulação e atuação da Crianças. (Fonte: Educação Infantil: A Construção da Prática Cotidiana- SE de Juiz de Fora)